sexta-feira, 28 de junho de 2013

Teólogo critica Prefeitura por empurrar terreiros para periferia

Jayro Pereira de Jesus pediu levantamento
censitário dos terreiros
O teólogo da Tradição Matriz Africana Jayro Pereira de Jesus criticou hoje (27/6) as administrações de Porto Alegre por sistematicamente empurrarem para a periferia da cidade os terreiros. "Porto Alegre, no conjunto das capitais brasileiras, é a que mais coloca para a periferia as casas de religião africana. Parece que há uma espécie de racismo e uma intolerância religiosa institucionalizada."

Para Jesus, a cidade não leva em conta o trabalho social e ação na saúde que os terreiros realizam no cotidiano, ajudando a desafogar o sistema tradicional de saúde. "Pesquisas científicas mostram a importância do trabalho dos terreiros neste sentido", assegurou.

O teólogo observou que a prova de que há intolerância religiosa em Porto Alegre está no Código de Posturas da cidade. "O código atual, comparado ao de 1893,  não tem nenhuma diferença." Na época, observou, os terreiros eram considerados espaços malditos. "E resquícios do racismo daquele passado continuam presentes ainda hoje."

Diante da situação, Jesus reivindicou à Prefeitura a realização de novo levantamento censitário dos terreiros existentes na Capital, com o respectivo georreferenciamento. Além disso, o teólogo defendeu que os terreiros sejam de fato reconhecidos como equipamentos que trabalham com a dignidade, a saúde e a vida. "É inadmissível que a prefeitura não reconheça os terreiros."

Texto: Marco Aurélio Marocco (reg. prof. 6062)
Edição: Carlos Scomazzon (reg. prof. 7400)
Fonte: http://www.camarapoa.rs.gov.br/

2 comentários:

Unknown disse...

De fato, os políticos tem por praxe, lembrar dos terreiros somente em épocas de campanha, tentemos fazer diferente, façamos com que nos reconheçam pelos serviços prestados e não pelo numero de votos sem cobrança alguma em terreiros!!!
Djalmo manfredi Medeiros

Unknown disse...

De fato, os políticos tem por praxe, lembrar dos terreiros somente em épocas de campanha, tentemos fazer diferente, façamos com que nos reconheçam pelos serviços prestados e não pelo numero de votos sem cobrança alguma em terreiros!!!
Djalmo manfredi Medeiros

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...